Subscribe:

domingo, 30 de Setembro de 2012

Osteomielite


Osteomielite

 
Osteomielite (os-te-o-meu-e-LY-tis) é uma infecção do osso que é causada por uma bactéria. Ela pode envolver qualquer osso no corpo, mas mais comumente afeta os ossos longos dos braços e pernas.PALAVRAS-CHAVEpara pesquisar na Internet e outras fontes de referênciaInfecção

 
InflamaçãoOrtopediaO fim das fériasKyle pisou em um prego em seu primeiro dia de férias no lago. Ele perfurou o fundo de seu pé e machucou muito mal. Sua mãe limpou o ferimento, colocar pomada antibiótica sobre ele, e olhando para ele por sinais de infecção. No começo, ele apenas mancando, mas depois ele desenvolveu febre e calafrios e reclamou que os ossos de suas pernas doem. Isso acabou com as férias: família de Kyle malas e levou-o para casa para ver o seu médico. Os exames de sangue e raios-x mostrou que Kyle teve uma infecção óssea, uma condição o médico chamou a osteomielite. Kyle tomou antibióticos e se recuperaram totalmente dentro de um mês.O que é a osteomielite? A osteomielite é uma infecção óssea, que geralmente é causada por bactérias como a Staphylococcus aureus (staf-i-lo-KOK-nos ou-e-us) ou Pseudomonas aerugi-nosa (soo-do-MO-nas er-u-ge- NO-sa). Osteomielite também podem ser causadas por infecções de fungos e pela tuberculose, uma infecção bacteriana que mais frequentemente afecta os pulmões. Uma ferida aberta pode ser o caminho para as bactérias entrarem na corrente sanguínea do corpo. Uma forma muito comum que as crianças recebem é por pisar de um prego que perfura a sapata e da parte inferior do pé. Osteomielite causadoras de fungos e bactérias vivem muitas vezes na sola dos sapatos de ginástica e pode infectar o organismo por contacto com feridas no pé. Outros locais de infecção pode se espalhar em um osso e levar a osteomielite. Por exemplo, osteomielite pode ocorrer quando uma infecção localizada, como sinusite (inflamação dos seios da face na cabeça), se espalha para o osso nas proximidades.As crianças começam a osteomielite com mais freqüência do que os adultos, possivelmente porque os ossos das crianças estão crescendo e precisam de maior circulação do sangue (e no sangue pode levar a infecção) do que os ossos de adultos. Um em cada 5.000 crianças, e duas vezes mais meninos que as meninas, fica a osteomielite.O que acontece quando as pessoas têm Osteomielite?Os primeiros sinais de que uma pessoa tem osteomielite são febre, calafrios e uma sensação geral doente. Ternura e dor no osso infectado quase sempre desenvolver, e às vezes a área infectada enche de pus. A medula óssea também possa ser infectado.A osteomielite pode ser uma condição aguda (súbita) ou uma crônica (de longo prazo). Quando o osso torna-se infectado em aguda osteomielite, a pele que recobre o osso torna-se geralmente inflamada e inchada. A condição é diagnosticada por uma cultura de sangue, através de uma biópsia (amostra de tecido), ou por um raio-x ou exame cintilografia óssea. Se osteomielite aguda é confirmada, o tratamento antibiótico começa imediatamente, muitas vezes com uma excelente chance de recuperação completa.Quando osteomielite não for tratada, ou não responder ao tratamento, pode se tornar uma doença crônica, ou a longo prazo, condição. Em seus estágios crônicos, osteomielite pode ser muito doloroso e causar danos consideráveis ​​para os ossos infectados. Às vezes, essa forma crônica desenvolve a partir de fraturas compostas (mais de uma quebra de um osso). Os antibióticos são usados ​​para tratar a osteomielite crónica, mas, por vezes, a cirurgia também é necessária para remover as áreas infectadas de osso.Em casos raros, a infecção pulmonar causada por tuberculose pode se espalhar para os ossos (principalmente da coluna vertebral), causando uma forma de osteomielite. Quando a tuberculose está envolvido, medicamentos para combater a tuberculose são usados ​​para tratar ambas as condições.

5 comentários:

Rodrigo Pereira disse...

meu pai se internou no hospital das clinicas pela 5 vez, e ele fica internado lá no hospital das clinicas por mais de 7 meses quando se interna, por que os médicos ficam fazendo tratamentos com ele para combater Osteomielite, e quando ele tem alta fica todo começo da tarde e no começo da noite, com febre de 40º graus, e meu pai tem escaries na região das nadegas e pernas e os médicos falaram para meu pai que não mais mais jeito de tratar esta bactéria, gostaria muito de alguém que saiba de uma cura pra esta bactéria pra acabar com o sofrimento do meu pai, obrigado !

Anónimo disse...

Neste momento o meu problema, relacionado por essa doença(Fungo,Bactéria!)não obtendo resultados,apesar de ter tomado Antibióticos(Injéctavel e via oral)sabendo que passou aproximadamente 4 a 6 semanas,o meu médico ontém mandou um mail para o H.G.S.António,para eu ser observado por o/a especialista da Ortopedia.Agora espero,vou fazendo com regularidade o penso(Drenagem do Pús)e só espero
que eu fique curado.

9 Julho 2013 às 9:50

Anónimo disse...

Rodrigo meu amigo tenho osteomielite cronica. médico já passou cirurgia e tudo mais. mais meu médico jesus vai me curar. se vc deseja me acompanha nessa cura e mostra de exames me adiciona no facebook. favor não comenta no face sobre o assunto. eu separo bem as coisas. sem se fala que tenho diabetes e ainda hepatite-c. a pior que tem. mais jesus me deixa super contente e alegre. por que vou fica curado em nome de jesus.

https://www.facebook.com/3dv4ncavalcante

Anónimo disse...

Caros amigos, espero que possa ajudar com a experiência que estou vivendo: a mãe (44 anos) de meus dois filhos possui diabetes e no fim de setembro deste ano machucou um dedo do pé cortando as unhas, infeccionou e foi internada na Unesp/Botucatu. A infecção evoluiu, mesmo com fortes antibióticos intravenosos, tendo que amputar o dedo. Diagnosticou-se uma Bactéria Multi resistente (BMR), onde somente um tipo de antibiótico, o qual não sei o nome ( administração venosa, na Unesp) estava sendo capaz de combatê-la. Como o diabético não tem muita resistência, mais um dedo teve que ser amputado (osteomielite), portanto, sendo o paciente diabético, houve a necessidade de extinguir o foco. Como faz mais de um mês que está internada, o rim começou a apresentar problemas, tendo que diminuir a carga de antibiótico. RESUMINDO: Trata-se de uma questão grave, onde sugiro que procurem um hospital com recursos, como por exemplo HC Unesp, pois o tratamento é longo, demandando exames ( sangue, RX etc), quase que diariamente, além de testes de antibióticos que sejam mais eficazes a cada enfermidade. É uma verdadeira guerra biológica. Desejo, com a bênção de Jesus, melhoras a todos.

Anónimo disse...

O único medico e emedio pra todos nos nesse mundo eDEUS PAI FILHO E O DIVINO ESPIRITO SANTO EM NOSSAS VIDAS SO ELES SAO NOSSA CURA AMEM REZEMOS E ADOREMOS A FE EA CONFIAÇA NOS FORTALEÇA SEMPRE AMEM!!!

Enviar um comentário

APRENDA AS MELHORES RECEITAS DO MUNDO